Porque eu te juro, de todas as coisas do mundo, eu só queria olhar pra você.
Tati Bernardi.   (via sepultand-o)

Mas o amor, o amor mesmo, o amor maduro, o amor bonito, o amor real, o amor sereno, o amor de verdade não é montanha-russa, não é perseguição, não é telefone desligado na cara, não é uma noite, não é espera. O amor é chegada. É encontro. É dia e noite. É dormir de conchinha. É acordar e fazer um carinho de bom dia.
Clarissa Corrêa.   (via s-u-n-t)

2 weeks ago · 23,320 notes · reblog
originally inverbos · via s-u-n-t
Mas se o amor não era suficiente, o que seria?
Desarvorado. (via eternue)

2 weeks ago · 726 notes · reblog
originally desarvorado · via ruledd
Dizem que nada dura eternamente, mas creio firmemente que, para alguns, o amor continua mesmo depois de termos partido.
P.S. Eu te amo.   (via identificando)

2 weeks ago · 81,271 notes · reblog
originally inverbos · via ruledd

O que foi? Nada.

Para mim não há nada pior do que a falta do que sentir. Para alguns, isso é ser forte, não sentir dor quando deveria, nem vergonha, nem nada. É assim que me sinto às vezes. Poderia chorar, abraçar o travesseiro, sentir raiva e xingar o universo, mas, não. Só não importo. É péssimo. Diria que é o vazio é a pior solidão. As emoções fazem de mim, minha alma, quem sou. Não sei viver assim. Sem sentir. É pior do que sofrer por alguém. É muito pior. 


2 weeks ago · 141 notes · reblog
originally realismos · via ne-gativa
1 2 3 4 5 6
procura-se sanidade
Estou deitado em meio ao oceano, cantando a nossa canção. Aquela que escrevemos juntos numa madrugada quente de janeiro. Lembra-se? Faz tanto tempo...
Talvez, ao seu ver, não seja mais nossa, porém, para mim, sempre será.